sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Um Poema sobre o trabalho!



“ESTAVAM ALI...  POR CAUSA DO REI”         (1ª Crônicas 4;23)

Que importa  sermos oleiros,
pés cansados de girar a roda,
costas curvadas, mãos sujas de barro,
simples artesãos...
se estamos aqui a serviço do Rei?
Certo que vivemos no fundo da oficina
tão próximos do forno, que o calor parece insuportável,
tão escondidos aos olhos dos que passam
e do que se passa lá fora,
que mais parecemos segregados e infelizes...
Mas se soubesses o que significa morar com o Rei,
reconhecerias que, nem mesmo o céu estrelado,
a grandeza do mar, o colorido da flor,
podem ser comparados à beleza da vida que se gasta
no vaivém de cada dia,
numa tarefa monótona, sem poesia,
a serviço do Rei, por amor ao Senhor...

Cozinheira, lavadeira, médico, dentista, datilógrafo,
artista, porteiro, lixeiro, motorista, pedreiro,
advogado, polícia...
patrão, operário, banqueiro, bancário;
servente, à suas ordens; chefe, sim, senhor;
dona de casa, mão que cria os filhos,
filhos que estudam, crianças que brincam,
líder, liderados; alunos, professor...
À paisana, fardados, de smoking, de jaleco,
de macacão, de avental...
à serviço do Rei são preciosos:
de valor semelhante, recompensa igual.
O que os faz maiores ou menores é o desejo
de servir melhor, a busca da perfeição,
jamais visando lucros com medo de serem preteridos,
mas por amor ao Rei, por gratidão.

Deixa, pois, que outros gritem direitos,
escolham tarefas.
Sê tu o que toma posse da promessa:
“... sem Mim nada podeis fazer...
... estarei convosco todos os dias...”
Teu trabalho se fará prece feito gesto,
o ato mais simples... canção de louvor:
“... sou oleiro...”, sou servo, sou escravo...
mas moro com o Rei, participo na expansão
de um Reino, estou a serviço do maior Senhor!

= = = = = = = = = = = =

Autora:   Myrtes Mathias

De: “MENSAGEIRAS DO REI” – 2º trim. 1995.-

3 comentários:

  1. " No serviço do meu Rei eu sou feliz! ", seja lá qual for a minha jornada.
    Vou encontrar esse hino, e postar no Face.
    Deus te abençoe, Pérrima!

    ResponderExcluir
  2. Visitem e curtam a pagina da Myrtes, e seja abençoado. https://www.facebook.com/MyrtesMathias/?ref=hl

    ResponderExcluir
  3. Gostei demais do teu trabalho.
    Parabéns, continue sempre

    ResponderExcluir

window.setTimeout(function() { document.body.className = document.body.className.replace('loading', ''); }, 10);